A lei torna obrigatório manter aparelho desfibrilador semiautomático externo, em locais de grande circulação como shoppings centers, hotéis, aeroportos, metrôs, estádios de futebol, entre outros que concentrem circulação diária, igual ou superior, a 1.500 pessoas.

icnpdfDownload da Lei